Corpo de indígena é encontrado em cova rasa em Feijó

Polícia Militar recebeu informações que a vítima aguardava julgamento pelo Tribunal do Crime

No último domingo, 9, chegou à Polícia Militar informações sobre o desaparecimento de um homem indígena no município de Feijó, que aguardava julgamento pelo Tribunal do Crime, uma organização criminosa. Na noite de domingo, este indígena foi encontrado enterrado em uma cova rasa. Imediatamente os policiais acionaram o IML, a Perícia Criminal e também a Polícia Civil, que agora investiga o crime de homicídio.

Segundo o delegado da Polícia Civil, Railson Ferreira, “na última sexta-feira, um indígena de 32 anos, foi executado por uma facção criminosa. Há de se ressaltar que ele também pertencia à mesma facção. Ele foi levado de sua residência, no bairro Bela Vista, para uma uma zona rural, um local rural de aproximadamente nove quilômetros da zona urbana, dentro de uma mata densa. Foi feita uma cova profunda de 1,5 m de profundidade, ele foi degolado na ocasião, seu corpo foi jogado dentro da cova e posteriormente enterrado”.

“A Polícia Militar, juntamente com a Polícia Civil, trabalha no caso desde sábado e apenas no domingo à noite conseguimos localizar a cova, retiramos o corpo dele, inclusive podemos constatar que houve de fato uma degola e que foi este o motivo da causa morte. A polícia civil em continuidade ao caso já fez a identificação dos autores”, conclui o delegado.

Com informações de Aline Rocha

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*