Crime da Motosserra: julgamento de primo de Hildebrando é adiado

Aureliano Pascoal é o último acusado pela morte de Agilson Firmino dos Santos, o baiano

O julgamento do último acusado pela morte de Agilson Firmino dos Santos, o baiano, foi suspenso e deve ser realizado até o dia 20 de dezembro. Baiano foi serrado vivo por membros do esquadrão da morte em junho de 1996.

Quem deveria estar sentado no banco dos réus nessa terça-feira é o ex-comandante da Polícia Militar, Aureliano Pascoal. Na época, de acordo com a denúncia do Ministério Público, ele comandou as buscas até encontrar baiano e matá-lo.

O julgamento não ocorreu porque os dois advogados do réu estão impedidos de atuarem, já que um é deputado estadual e o outro está com grave enfermidade. Aureliano agora deve contratar uma nova defesa ou a juíza da 1a Vara do Tribunal do Júri deve indicar um advogado dativo.

Baiano foi morto como ato de vingança. Ele estava junto com o homem que matou Itamar Pascoal irmão, de Hildebrando e primo de Aureliano.

Com informações do repórter Adailson Oliveira para TV Gazeta

Deixe uma resposta