Detento de 33 anos morre dentro de cela do Complexo Penitenciário de Rio Branco

O diretor operacional do Iapen, Marcelo Lopes, informou que o detento já tinha passado mal anteriormente

Um homem identificado como Diego Lima da Silva, de 33 anos, morreu na tarde de sábado (21) no Complexo Penitenciário de Rio Branco. De acordo com a nota divulgada pelo Instituto de Administração Penitenciária (Iapen), por volta das 16 horas os policiais que estavam de plantão receberam a informação de que Diego estava passando mal na cela 5, pavilhão B da penitenciária.

A equipe foi até a cela e acionou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que foi ao local mas não pôde fazer nada pois o detento não resistiu e veio a óbito, Diego faleceu de um possivel infarto. O Instituto Médico Legal (IML) foi a penitenciária, realizou uma perícia técnica e recolheu o corpo.

O diretor operacional do Iapen, Marcelo Lopes, informou que o detento já tinha passado mal anteriormente: “Ele já tinha passado mal antes, teria ido a um posto médico, sido atendido e retornado para a cela”, falou.

Marcelo Lopes disse ainda que a causa da morte só será confirmada após o laudo pericial da vítima. O  Departamento de Assistência Social tomou as providências necessárias para acionar a família de Diego.

 

  • Com informações de Aline Rocha e Débora Ribeiro para a Tv Gazeta

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*