300519-presos-queimados

Detentos se queimam ao atearem fogo em colchão

Queimaduras foram de 1°, 2º e 3º grau

Um princípio de incêndio foi registrado no início da noite desta quarta-feira (29), no Complexo Penitenciário de Rio Branco. O detento Paulo César de Jesus, da ala de saúde mental, ateou fogo em um colchão na tentativa de atingir os companheiros de cela.

Os próprios agentes penitenciários controlaram as chamas, mas quatro detentos sofreram queimaduras e foram encaminhados ao Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco (Huerb).

Três deles tiveram queimaduras de primeiro grau, são eles: Paulo Cesar de Jesus, Demétrius Claros Lima e Francisco Erivaldo Lima. Já Auricélio da Silva teve queimaduras de segundo e terceiro grau no braço, rosto, pescoço e pernas.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*