Suspeitos são presos por sequestro de empresários em Porto Walter

Crime ocorreu na última quarta-feira, 27 de outubro, no interior do Acre

A Secretaria de Segurança Pública do Acre informou, no início da tarde deste sábado (30), que efetivos do Batalhão de Operações Especiais (Bope) da Polícia Militar e do Grupamento Especial de Fronteira (Gefron) foram deslocados para o Vale do Juruá, para reforçar o policiamento da região, bem como auxiliar a ações de captura dos infratores envolvidos no sequestro ocorrido, na última quarta-feira (27), no município de Porto Walter.

Foi informado ainda que, logo no dia dos fatos, a Polícia Civil deslocou uma equipe de investigação para Porto Walter, e que, na mesma data, os policiais civis efetuaram a prisão de dois suspeitos de participação no sequestro de um empresário de Mâncio Lima, no dia 11 deste mês.

Ainda para esta ação, o secretário Paulo Cézar autorizou o deslocamento, na tarde desta sexta-feira (29), da aeronave do Ciopaer Hárpia III – helicóptero – para apoiar as operações. Ele ressaltou que as condições meteorológicas impediram a decolagem da aeronave no dia anterior.

A Sejusp confirmou ainda, por parte do Instituto de Administração Penitenciária, o envio de membros do Grupo de Operações Especiais (GPOE), da corporação, para apoiar as operações e reforçar a segurança na unidade penitenciária de Cruzeiro do Sul.

Suspeitos identificados 

No final da tarde da última sexta-feira, a Polícia Civil identificou os suspeitos do crime de assalto seguido de  sequestro, ocorrido na noite de quarta-feira, tendo como vítimas dois empresários da região. Segundo a Polícia Civil, trata-se de um grupo comandado por “Zé Luiz”, figura conhecida das forças de segurança, que já estava sendo procurado há pelo menos 12 meses. Ainda conforme as investigações, “Zé  Luiz” já havia sido preso pela Policia Federal, investigado por crimes de tráfico de droga, roubo majorado e homicídio, vindo a escapar quando seria levado à de julgamento.

Deixe uma resposta