thumb homicidio-pentecostes

Em Mâncio Lima, homem é alvejado com tiro no peito

Agricultor foi morto quando voltava do trabalho

O crime aconteceu na tarde desta segunda-feira (17). O trabalhador rural Edson Bezerra da Silva, 19, foi morto com um tiro no peito na Comunidade Alto Pentecostes, zona rural do município de Mâncio Lima.

Quando voltava do serviço, em cima de um cavalo, a vítima foi alvejada com um tiro fatal. O acusado pelo crime é conhecido por “João Sabiá”, e era considerado amigo da vítima. Uma testemunha chegou a presenciar o acusado fugindo com um objeto na mão, sendo possivelmente uma espingarda.

A polícia e a perícia estiveram no local, mas o acusado já havia tomado rumo ignorado. O corpo de Edson Bezerra da Silva foi conduzido para o Instituto Médico Legal (IML) de Cruzeiro do Sul.

Para Maria Bezerra, mãe da vítima, o crime foi premeditado. Ela contou que na semana passada “João Sabiá” procurou por Edson na casa dela, e como não o encontrou disparou um tiro contra a casa.

“Por pouco eu não fui atingida, quase que o tiro pegava em mim, ele atirou e acertou a parede lá de casa”, contou a mulher.

Mesmo tendo sido vítima do homicídio, Edson Bezerra é acusado por moradores da comunidade de colocar terror no local, existindo denuncias contra ele na delegacia. Existia inclusive dois mandados de busca contra ele.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*