Banner ArmaPM

Em 3 dias, 4 armas de policiais foram para mãos de bandidos

Secretário de Segurança diz que foram casos isolados

Para conseguir as armas usadas em assaltos, os bandidos encontram uma caminho mais curto: estão arrombando as casas de militares e levando as pistolas que pertencem ao Estado. Em três dias foram notificados quatro casos. O comando da PM tentou evitar a publicidade dos roubos, mas nas redes sociais os próprios militares falaram sobre os fatos.

Por enquanto não se sabe nada dos ladrões. Os arrombamentos aconteceram em bairros diferentes, mas isso não descarta que possa ser a mesma quadrilha.

O Coronel Espíndola, que está comandando uma força-tarefa nas regionais de Rio Branco, informou que os PMs foram orientados a tomar cuidados reforçados. A comando-geral vai fazer um levantamento de todas as armas em poder das praças e oficiais para saber se outros armamentos não foram furtados.

A ordem é os policiais ficarem mais vigilantes quanto às armas que usam. Com os furto, as quadrilhas podem enfrentar a policia com a própria arma dos agentes públicos.

O secretário de Segurança Pública Renny Graebner tenta amenizar a situação, informando que foram casos isolados, e que a população não precisa se preocupar.

Deixe uma resposta