thumb Estudanteespancado

Estudante de 14 anos é agredido ao sair da escola

Crime aconteceu na tarde desta quarta-feira, 19, no Xavier Maia

Um adolescente foi agredido a pauladas quando saia da escola na tarde desta quarta-feira, 19, na rua Wilson Pinheiro, Conjunto Xavier Maia. A vítima foi agredida por cinco homens ainda não identificados.

De acordo com informações, o menor de 14 anos estava saindo da Escola Padre Carlos Casavechia, quando cinco homens passaram encarando o adolescente. A vítima teria abaixado a cabeça e seguido o seu caminho.

Não conformados, os acusados teriam voltado e derrubado o estudante com uma paulada  na cabeça e começaram a chutar  as costa e o abdômen da vítima.

O menor ficou no chão desmaiado e sangrando, após ser acordado foi socorrido por populares e alunos que o levaram até o colégio, e de lá foi conduzido até a sua casa, na rua Padre Eustaquio, bairro Alto alegre.

A mãe do adolescente foi até a Delegacia da 5ª Regional, no Conjunto Adalberto Sena, para registrar um Boletim de Ocorrência (B.O). Na delegacia, o estudante sentiu fortes dores na cabeça e desmaiou. Uma equipe do Samu foi acionada e levou o adolescente para o pronto socorro.

Falta de segurança

Depois do ocorrido, os moradores, alunos e professores reclamam da falta de policiais próximo a escola. Eles exigem que o poder público coloque policiais para fazer rondas pelo colégio para evitar que mais alunos sofram agressões.

Segundo a coordenadora do colégio, que não teve o nome divulgado, o principal problema é a falta de iluminação nas ruas, que contribuem para os assaltos e agressões.

“Falta policiamento no bairro, só existe uma viatura para atender toda a região dos conjuntos do Adalberto Sena, Xavier Maia, bairros Alto Alegre e Tancredo Neves. Ficamos desprotegidos, os alunos saem da escola e são, muitas das vezes, assaltados e agredidos por bandidos”, afirma a coordenadora.

Deixe uma resposta