190217-policia-protestoponte-oaltoacre

Familiares de brasileiro preso por bolivianos bloqueiam ponte

“Nós não invadimos o país deles”

Armados com baldes, colheres e muita indignação, os familiares de Sebastião Nogueira do Nascimento, 33, bloquearam a Ponte Internacional que liga Epitaciolândia à cidade de Cobija. Eles protestavam exigindo “Justiça”. A Ponte Wilson Pinheiro (entre Brasileia e Cobija), por enquanto, está liberada.

Sebastião Nogueira, dizem os familiares, foi “sequestrado” de dentro da casa onde morava, no bairro José Hassem, em Epitaciolândia, na noite do dia 12 de fevereiro. As autoridades bolivianas acusam o acriano de integrar um grupo que sequestrou o filho de um senador da Bolívia.

“Bateram no meu pai de 72 anos e levaram meu irmão sequestrado para a Bolívia. A gente quer Justiça porque a gente não invade o país deles, né? Por que eles querem invadir o nosso?”, indigna-se Dilma Nogueira do Nascimento, irmã de Sebastião do Nascimento.

O senador Sérgio Petecão (PSD/AC) estava no local conversando com as famílias. “Isso não é correto e abre um precedente perigoso. Vou denunciar na tribuna do Senado”, disse o senador que integra a Comissão de Relações Exteriores do Senado. Ele prometeu levar o caso para o Itamaraty.

O brasileiro encontra-se no presídio de Vila Bush e pode ser transferido para a região montanhosa de La Paz em uma unidade prisional chamada San Pedro de Chanchocoro.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*