thumb protestomorte

Familiares e amigos de vitima de acidente fecham a Isaura Parente

Manifestantes tocaram fogo em pneus e pediam justiça

A família e amigos do jovem Alexandre Alves Pinheiro, 21, vítima fatal de uma acidente na última terça-feira, 10, na rua Isaura Parente com rua Manaus, quando o mesmo trafegava em sua moto e foi atropelado por uma caminhonete de cor prata, que estava sendo dirigida por um sargento da Policia Militar realizaram um protesto no mesmo local do acidente, interditando a rua e tocando fogo em pneus. Com vários cartazes, eles pediam por justiça, que o culpado pelo acidente seja punido.

Segundo a família, o acidente aconteceu por  volta das 23 horas e 30 minutos da noite de terça e a vitima veio a falecer por volta das 2 horas da madrugada de quarta-feira, no pronto-socorro de Rio Branco.

A rua Isaura Parente ficou fechada  por varias horas.

O acidente
Na noite de terça-feira, 10, uma colisão envolvendo uma caminhonete e uma motocicleta deixou um morto. O acidente aconteceu na Rua Isaura Parente, próximo à quadra pública de grama sintética.

Pelo que foi apurado no local, o piloto da moto, Alexandre Pinheiro da Silva, 20, reduziu a velocidade, ligando a seta para entrar na quadra, quando o condutor da caminhonete, o Sargento Mesaque Souza de Castro, 37, bateu na moto, lançando o piloto cerca de 20 metros do local da batida.

Deixe uma resposta