Banner Tecnologomorto

Funcionário público é morto com requintes de crueldade

Vítima teve uma das orelhas cortada pelos bandidos

Mais um crime bárbaro é registrado em Rio Branco esta semana. O funcionário público (Seaprof) Francisco Alves Lima, 60, foi assassinado com requintes de crueldade. Antes, ele teve uma orelha cortada.

O crime teria sido cometido por dois assaltantes que invadiram a casa dele, no bairro Bosque, na madrugada da última quinta-feira, 13. O corpo foi desovado no igarapé Pirangi, no Quixadá.

Na madrugada desta sexta-feira, 14, Jessé Lima da Silva, 23, um dos acusados do latrocínio, foi preso por policiais militares em um posto de combustível no Distrito Industrial, quando abastecia o veículo da vítima.

A polícia realiza diligências em vários bairros de Rio Branco e no município do Bujari na tentativa de prender o comparsa de Jessé, identificado como Raimundo Irineu Alves, 22. 

Deixe uma resposta