Banner Golpista

Golpista se passa por oficial da PM para enganar empresários

Alvos são comerciantes que revendem água em Rio Branco

Comerciantes que revendem água potável em carros pipa foram alvos de um golpista, que, por telefone, passou-se por um oficial da Polícia Militar do Acre. A compra no valor de R$ 2 mil seria paga através de depósito bancário.

Depois do primeiro contato, o falsário ligou novamente, pedindo desculpas porque teria depositado a mais. Dois mil reais era a diferença que a empresa precisava restituir e o valor teria que ser repassado a uma guarnição da PM que iria até o estabelecimento para receber.

O golpista, então, ligou para determinado batalhão, passando-se por oficial, dando ordem que uma equipe fosse até a empresa de água para receber um envelope. A encomenda seria posteriormente entregue a um taxista, contratado também por telefone pelo criminoso, que depositaria o valor restituído.

Segundo o delegado Fabrizzio Sobreira, que investiga o caso, o golpe só não se consumou porque os policiais desconfiaram do telefonema. “Entenderam que aquela situação saia fora do cotidiano, da realidade de atendimento da PM. Imediatamente comunicaram seu superior”, explica Fabrizzio.

O empresário teve o valor devolvido e agradeceu a atitude dos policiais. A PM também alertou os demais comerciantes do ramo sobre o golpe. A Delegacia de Combate ao Crime Organizado(Deco) rastreou o celular, com origem no Estado do Mato Grosso. A conta para depósito também já tem o titular identificado. “Descobrimos que tentaram aplicar esse golpe em outros Estados”, disse.

A princípio, o caso é considerado de estelionato. Os indícios da investigação apontam para um único golpista e não uma quadrilha.

O mais absurdo na execução do golpe é a justificativa para a compra, usada pelo criminoso. Os 160 mil litros de água potável contratados seriam utilizados para abastecer o lago do Batalhão de Operações Especiais, o Bope.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*