281216-policia-cercoacriminosos-cleriston2

Homem envolvido no assalto a subtenente é morto

Grupo de policiais é recebido à bala em ramal

Três homens que estavam envolvidos no roubo da caminhonete que resultou na morte do subtenente Antônio José da Costa estavam escondidos em uma chácara localizada no Km 19 da Estrada de Porto Acre (Ramal Beija Flor).

Policiais do Bope, Polícia Civil e Polícia Militar foram até o local fazer o cerco na tarde de terça-feira (27). As guarnições foram recebidas à bala. Alguns dos acusados saíram correndo e entraram em outra chácara do Ramal Beija Flor.

Nova troca de tiros foi realizada. Um dos acusados, conhecido como “Magrão”, morreu no local. Segundo a polícia, “Magrão” é acusado de ter matado o subtenente durante o assalto.

Outro homem conseguiu escapar entrando no matagal. A polícia acredita que ele fugiu baleado. O jovem Francisco José Oliveira, 21, foi preso pelos policias do Bope e levado para a delegacia Central de Flagrantes. A polícia também apreendeu um revólver calibre 38. A chave de uma caminhonete estava com os acusados.

Segundo a polícia, a chácara onde os acusados estavam servia de esconderijo. Com as prisões, segundo a polícia, o episódio envolvendo a morte do subtenente Antônio José da Costa totaliza a apreensão de cinco armas de fogo, três pessoas presas e um morto.

A recuperação da caminhonete do subtenente e um carro modelo Gol que teria sido usado na fuga dos acusados também foi apreendido.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*