thumb carne-de-caça-2

Ibama apreende carne de animais silvestres em Cruzeiro

Em Mâncio Lima, apreensão aconteceu no porto da cidade

Agentes do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) em parceria com a Policia Ambiental realizaram uma apreensão de carne de animais silvestres em Cruzeiro do Sul e em Mâncio Lima na última sexta-feira (20). A ação faz parte de uma Operação Geral que iniciou no dia 18 em todo estado e se estende até o natal.

Em Cruzeiro, a prisão aconteceu nas pensões do mercado público. Boa parte da carne já estava filetada, pronta para o consumo e venda. Já em Mâncio Lima, a abordagem foi feita no Porto Fluvial da cidade. Entre os animais apreendidos constavam tatu, paca e cutia, totalizando 20 quilos de carne. Todo o material apreendido será doado para instituições filantrópicas.

Além da multa essas pessoas devem responder à processo criminal. A multa para animais que não estão em extinção é de R$500,00 por quilo apreendido. Já os animais que constam na lista de extinção a multa varia de R$5.000,00 por animal ou quilo.

“Cada vez que esse tipo de prática acontece o estoque natural vai diminuindo. É necessário combater além da comercialização também o consumo ilegal, pois existem ainda pessoas que pensam que apenas consumir não é crime, mas tudo está incluso nos crimes contra a fauna”, destacou Elaine Oliveira, chefe do núcleo de fauna do Ibama.

Apesar desta Operação se estender até o natal, os trabalhos de fiscalização do Ibama serão contínuos na região mesmo após essa ação.

Deixe uma resposta