thumb MDH

Membro dos Direitos Humanos é preso acusado de estelionato

Prisão aconteceu na tarde desta segunda, na 4ª Regiona

thumb MDH2Foi preso na tarde desta segunda-feira, 10, acusado de estelionato, o membro do Movimento dos Direitos Humanos Jocivan dos Santos Silva, 34 anos.  

Segundo informações, o acusado foi preso no momento que prestava depoimento  na Delegacia da 4ª Regional. O mandado de prisão foi expedido pelo juiz Guilherme Aparecido do Nascimento.

O caso foi denunciado por membros do Movimento de Diretos Humanos. A advogada afirmou aos invasores que não recebeu nenhuma quantia de Jocivan. Pelo menos 4 invasões teriam repassado dinheiro ao ativista, visando defesa judicial. Cerca de R$ 12 mil reais teriam sido arrecadados.

Na época, Jocivan revelou a nossa reportagem que sofria retaliações por ter denunciado que um grupo de funcionários públicos encabeçava uma invasão. Ele afirmou que não era no ramal Vila Maria, mas em uma colocação que teve bastante repercussão na mídia, quando a comunidade sofreu uma ordem de reintegração de posse. Para Jocivan, os mesmos funcionários públicos estariam tramando para destituí-lo do cargo no movimento dos direitos humanos

Nesta segunda-feira, a Polícia Civil cumpriu mandado de prisão em desfavor de Jocivan. Ele foi preso, ouvido na delegacia e encaminhado ao Presídio Francisco de Oliveira Conde. “Ele vai responder pelo crime de estelionato e existe a possibilidade de que outras vítimas compareçam à 4ª regional no Tucumã. Existem informações preliminares de outros crimes, porém é precipitado a gente divulgar”, explicou o delegado Jarley Alexandre.

Deixe uma resposta