130617-policia-cidadedopovo-cleriston

Morador do Cidade do Povo denuncia assalto

Mais uma família deixa o bairro por insegurança

Na madrugada desta segunda-feira (12), mais uma família foi vítima de assalto dentro de uma casa no Cidade do Povo. Desta vez, foi na quadra 10 casa A. Segundo a vítima, às quatro horas da madrugada de segunda-feira foi ouvido um barulho do lado de fora da casa.

O dono da casa teria levantado para ver o que estava acontecendo e abriu a casa onde está sendo feita uma pequena reforma. A casa foi murada justamente para evitar esse tipo de problema.

Quando ele abriu a porta, já foi rendido por dois bandidos que estavam armados com uma espingarda.

A vítima foi rendida. Quando a esposa percebeu que se tratava de um assalto, teria corrido e entrado no quarto. Mas, os bandidos teriam quebrado a porta e a renderam também.

Nesse instante, começaram os minutos de terror dentro da casa. Sob ameaça de morte, os bandidos amararam as vítimas.

E começaram a roubar tudo. Eles pegaram tudo que dava para carregar e foram colocando dentro do carro da família, um Pálio de cor prata de placa NAC 6662. Foram levadas três TVs e vários outros objetos da casa. Até comida eles levaram. E fugiram levando tudo dentro do carro.

As vítimas se dizem “revoltadas”. O marido contou que morava no bairro São Francisco e que nunca teria sido assaltado. Agora, ele conta que vai abandonar a casa e vai mora de aluguel.

“Não quero mais voltar para a casa para corre o risco de ver minha família morrer durante um assalto”, indigna-se.

Durante a tarde desta segunda-feira, a vizinha das vítimas, aterrorizada, também deixou a casa. Com medo de assalto, ela teria falado para o casal que estava indo embora e também iria morar “de aluguel”, mas que não voltaria mais para o Cidade do Povo.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*