Motorista perde o controle do carro e cai em igarapé na rodovia AC-40

O acidente aconteceu no sentido Rio Branco/Senador Guiomard

Nesta segunda-feira, 27, a motorista de um carro perdeu o controle do carro e caiu dentro de um igarapé, na rodovia AC-40, KM-10. O Corpo de Bombeiros, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e o Batalhão de Policiamento de Trânsito (BPTrans/Acre) foram chamados até o local, mas a vítima foi retirada sem vida do veículo.

Uma mulher, identificada como Tairine Oliveira do Nascimento, 31, dirigia na rodovia sentido Rio Branco a Senador Guiomard, quando perdeu o controle do veículo, invadiu a outra pista e acabou caindo com o carro em um igarapé, na lateral da rodovia. Este igarapé já foi um balneário bastante movimentado, mas não está em funcionamento. O igarapé está com um grande volume de água devido às fortes chuvas do inverno amazônico. Até o momento foi encontrado somente o corpo da vítima. Ao cair, ela ficou presa dentro do veículo, não conseguiu sair e acabou indo a óbito.

Imediatamente as pessoas que estavam e passavam pela região acionaram o SAMU, o Corpo de Bombeiros e também o BPTRAN. Posteriormente, uma guarnição do 2° Batalhão e o Instituto Médico Legal (IML) chegaram ao local . O corpo de bombeiros trabalhou na retirada do veículo e com a ajuda de populares.

Segundo uma testemunha que estava no local, “eu vinha da UPA, eu ia em casa, pra mim ir trabalhar. Eu trabalho aqui no Araújo. Aí quando eu passei vi o carro molhado. Estava só com a moto e a mulher com o braço lá de fora gritando muito. Aí eu só parei a moto na beira da BR e corri e pulei dentro. E a gente pulando aí no momento o moreninho também pulou e a gente querendo quebrar o vidro e não conseguindo. Fomos nas portas as portas, travadas. A porta da tava uns quatro dedo aberto e ela tava com o braço do lado de fora. Pedimos socorro, os gritos e a gente não conseguimos porque tava travado, aí quando o carro tava quase afundando a gente conseguimos quebrar o vidro do bagageiro e o carro afundou, aí chegou muita gente, mas não conseguiu e a gente mergulhava, mergulhava e não conseguimos. [O carro] estava só o motor virado pra baixo. Eu vi só uma moça com um braço do lado de fora gritando. Ela tinha, acho que é aparentemente ela tem uns 25 anos assim, aparentemente”

O tenente do Corpo de Bombeiros que estava no local, afirmou que a guarnição do Grupo Especial de Fronteira (Gefron) chegou antes do Corpo de Bombeiros, viram a vítima gritar por socorro, com a mão pela janela e imediatamente foram prestar socorro, mas não obtiveram sucesso. O corpo foi retirado pelo Corpo de Bombeiros logo que o veículo começou a ser puxado. O corpo acabou boiando, eles retiraram e logo em seguida levado pelo Instituto Médico Legal (IML).

Até o fechamento desta matéria, nenhuma outra informação foi confirmada pelos oficiais.

Deixe uma resposta