MPAC pede retomada das operações de blitz em Rio Branco

Nos últimos dias a cidade registrou um número considerável de acidentes com vítimas fatais

Com informações da repórter Aline Rocha.

Foto: Reprodução.

O Ministério Público do Acre (MPAC) enviou nesta segunda-feira (11), um ofício ao Comando Geral da Política Militar pedindo a retomada das operações de blitz em Rio Branco, com objetivo de diminuir a quantidade de acidentes e situações ilícitas no trânsito na capital.

O promotor de justiça, Tales Tranin, reforçou que o a cidade já se encontra classificada em bandeira verde, situação de cuidado da covid-19 e que é preciso se adequar a nova realidade.

“Não faz sentido as blitz não voltarem para as ruas de Rio Branco. Recomendamos que fosse intensificada as blitz na cidade, em locais e horários estratégicos. Já estamos classificados na bandeira verde da covid-19”, afirmou o promotor.

Tales Tranin também afirmou a importância das blitz para o combate ao crime. “Há apreensões de armas de fogo, de foragidos da justiça, drogas ilícitas, pessoas que insistem em ingerir bebida alcoólica e dirigir, colocando em risco pessoas inocentes. Há o caso de pessoas não habilitadas que dirigem, recentemente, uma dentista foi vítima de uma situação assim. Com o retorno das blitz a população de Rio Branco vai se sentir ampara e segura pelas forças de segurança”, concluiu o promotor.

Deixe uma resposta