271117-policia-mulherdotrafico-cleriston

Mulher planeja morte do companheiro, diz polícia

Brenda: autorização dada pelo “conselho” de facção

Brenda Monteiro Freitas, 21, (mais conhecida como “Gringa”) foi presa no domingo (26) no momento em que estava entrando no presídio Antonio Amaro para visitar um preso. Segundo a Polícia Civil, ela é acusada de planejar a morte de Maikon da Silva Pereira.

O crime teria acontecido em março do ano passado, no bairro Sapolândia. A vítima foi morta com vários tiros dentro de casa. A Polícia Civil começou as investigações e conseguiu chegar até a acusada e mais 12 pessoas que também participaram da execução do plano.

Segundo a Polícia Civil, Brenda teria pedido permissão ao “conselho” de uma facção para poder matar a Maikon Pereira. O “conselho” teria autorizado a morte.

Segundo a polícia, a mulher estava em casa, junto com a vítima e teria facilitado a entrada dos acusados para matar o marido. Segundo o delegado Pedro Resende, além da mulher, mais 12 pessoas foram presas acusadas de participação no crime.

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*