170117-policia-mortes-acre

Número de mortes no Acre sobe para 32 em apenas 17 dias

Mortes no Eldorado e Cidade do Povo engrossam lista

A violência só cresce no Acre. Agora subiu para 32 o número de mortes no Acre nesses primeiros dias de 2017.

A mais recente foi a de Rayele de Paula Carneiro, de 15 anos de idade. Ela foi assassinada possivelmente com um tiro na cabeça. O corpo da adolescente foi encontrado nesta terça-feira (17) ao lado de uma residência no bairro Cidade do Povo.

Na noite anterior, o jovem Françuar da Silva Ramos, 22 anos, foi assassinado com quatro tiros quando chegava a sua residência no bairro Jardim Eldorado.

Entre esses casos, seis pessoas morreram em confronto com a polícia.

Das 32 vítimas, 8 são do interior do estado e 24 da capital, 6 dessas pessoas foram mortas em confronto com a polícia. Além dos crimes praticados nas ruas, houve também homicídios dentro dos presídios.

As vítimas foram mortas com ferimentos de arma de fogo ou arma branca. A polícia acredita que os casos tenham ligação com briga entre organizações criminosas por território no Acre.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*