No Acre, oficial de justiça sofre surto psicótico e atira contra policias

Fato ocorreu na noite desta quinta feira, no Residencial Juruá, bairro Xavier Maia

Na noite desta quinta-feira (6), um oficial de justiça chamado Thiago Sales Pascoal, de 26 anos, que segundo testemunhas, possui uma doença chamada esquizofrenia, sofreu um surto psicótico e efetuou diversos disparos com uma pistola 380 contra policiais militares no Residencial Juruá, bairro Xavier Maia, em Rio Branco.

“Chegamos ao local e ele estava bastante nervoso. Recebeu a guarnição com muitos xingamentos e palavras obscenas. Durante mais de 1 hora tentamos estabelecer um diálogo com ele sem sucesso. Em seguida, ele efetuou dois disparos com uma arma de fogo contra os policias”, afirmou Major Russo, da Polícia Militar.

Mesmo com os disparos, os policias seguiram com a técnica de negociação com Thiago, e com isso eles conseguiram entrar na casa do suspeito e imobilizá-lo com arma de eletrochoque. Ele foi algemado e logo em seguida o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) fez com que o oficial de justiça tomasse uma medicação para acalmá-lo.

“Ele foi encaminhado ao Hosmac, hospital de saúde mental, para ser avaliado pelo psiquiatra de plantão e dar continuidade ao seu tratamento, pois ele já era paciente psiquiátrico e estava sem fazer uso da medicação há bastante tempo. Tivemos a informação que ele estava em surto psicótico há cerca de três dias”, explicou o major.

Segundo Russo, o momento o mais preocupante foi ver que ele estava com uma pistola 380, e ao entrarem na casa do oficial encontraram mais de 60 munições. “Ele tinha uma arma de alto poder de fogo, mas graças a Deus não aconteceu nada de ruim com os policiais e nem com ele. E com isso toda a ocorrência foi resolvida com sucesso”, concluiu o major.

01 Comentário

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*