060817-policia-onibuspegandofogo-cedida

Parlamentar critica política de Segurança Pública

“Educação, Esporte, Cultura, Saúde” seriam áreas eficazes

A deputada estadual Eliane Sinhasique (PMDB) usou as redes sociais para reforçar as críticas que vem fazendo relacionadas à execução da política de Segurança Pública no Acre. “Fazem ouvidos de mercador”, bronqueia. “Combater o crime começa com ações de prevenção envolvendo as secretarias de Educação, Esporte, Cultura, Lazer, Saúde, Juventude e Pequenos Negócios”.

A integração das políticas públicas, de acordo com a deputada, pode ser eficaz. “O terror toma conta do Acre e a culpa é de quem não sabe o que fazer, como fazer, de que forma fazer porque, simplesmente, não ouve, não envolve os agentes públicos, não investe e não sabe como comandar”, critica a parlamentar em postagem em uma rede social.

Atentados incendiários na Capital e no interior foram registrados. Ônibus foram queimados e os serviços suspensos em Rio Branco durante quase toda a tarde de domingo.

O Governo do Acre afirma que os atentados incendiários são forma de retaliação ao bloqueio dos sinais de celulares nos dois presídios da Capital. Foram instaladas 6 torres para bloqueio de sinal, interrompendo “completamente” qualquer tipo de comunicação entre os líderes presos e os comandados do lado de fora do presídio.

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*