thumb Joiasrecuperada

Placas: polícia prende acusados de assalto e receptação

Pertences das vítimas foram recuperados

Policiais Militares do 5º Batalhão prenderam na noite desta sexta-feira,27 e apresentaram na manhã deste sábado, 28, Francisco dos Anjos da Silva, 20 anos, Jeronimo Rodrigues da Silva, 21 anos (invasores da residência), Odair José Ferreira da Silva, 21 anos e Aparecido Ferreira da Silva, 18 anos (receptadores dos pertences das vítimas), na Estrada das Placas, próximo ao Esquinão do Forró, em Rio Branco.

Segundo a polícia, eles são acusados de invadir uma residência e roubar vários pertences da família e acusados também de estuprar na forma tentada a mãe da família e uma criança de 4 meses, na Rua Vera Cruz, bairro Morada do Sol.

Segundo informações das vítimas repassadas ao delegado, ao abrir o portão para adentrar a casa, os dois acusados Francisco e Jeronimo, de posse de uma arma de fogo abordaram a família e entraram na residência, renderam a família e amarraram os braços do pai e um jovem de 19 anos.

Ainda segundo as vítimas os assaltantes levaram a mulher e a criança para outro quarto, onde puxou os cabelos da mãe e começou a beijá-la, pegando em suas partes íntimas, e pedindo que ela fosse embora com ele, logo em seguida começou a beijar a criança de 4 meses. Depois de 2 horas na residência, os acusados se evadiram do local, em um carro e levaram vários pertences da família.

Após ser informada a placa do veículo a polícia conseguiu encontrar o veículo na Estrada das Placas ao ser realizada a revista no carro foi encontrado um revólver calibre 32, com quatro munições intactas. Ao perguntar aos acusados pelos pertences roubados, eles responderam que estava em uma residência localizada na Rua Flamengo na casa de Odair e Aparecido, ao adentrar a residência foi encontrado todos os outros pertences levados no assalto.

Diante dos fatos os quatro homens foram encaminhados a Delegacia de Flagrantes – DEFLA para os devidos procedimentos, onde foram reconhecidos pelas vítimas. Francisco e Jeronimo responderão pelo crime de estupro na forma tentada, lesão corporal dolosa, homicídio na forma tentada, posse irregular de arma de fogo, resistência e roubo qualificado pelo emprego de arma. Já Odair e Aparecido responderão pelo crime de receptação, artigo 180 do Código Penal.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*