Bebê espancado e mantido em cárcere privado pelo pai é resgatado

Homem estava monitorado por tornozeleira eletrônica, e foi preso em flagrante

Em Sena Madureira, no interior do Acre, policiais militares resgataram, na madrugada deste domingo (24), uma criança de apenas um mês de idade que havia sido espancada pelo próprio pai, e estava sendo mantida como refém na casa da família. O homem estava monitorado por tornozeleira eletrônica, e foi preso em flagrante pelos crimes de violência doméstica, tentativa de homicídio e cárcere privado.

A esposa do criminoso relatou à polícia que ele havia chegado em casa sob efeito de entorpecentes, e começou a agredi-la sem nenhum motivo. Em seguida, teria espancado a filha do casal de apenas um mês de idade com socos, chutes e enforcamento, e impedindo-a de pegar a bebê. A mulher então fugiu da residência e pediu ajuda no hospital da cidade.

Segundo os policiais que atenderam a ocorrência, o monitorado, ao ver a aproximação da polícia, tomou a criança como refém, a ameaçando com uma faca doméstica no pescoço. Após a guarnição pedir apoio e tentar negociar a libertação da bebê, o criminoso a arremessou no chão e atacou os policiais com a faca, momento em que foi preso com o uso de armas de choque. A criança, que havia desmaiado com o impacto da queda e não apresentava sinais vitais, foi socorrida pelos policiais e encaminhada com urgência ao hospital da cidade.

O homem foi encaminhado à delegacia de Sena Madureira para as providências, e a bebê, após atendimento inicial no próprio município, foi encaminhado à capital Rio Branco para atendimento especializado.

Deixe uma resposta