thumb bandidosPejo

Polícia Civil apresenta acusados de assalto à loja Pejon

Crime aconteceu na tarde de ontem, no centro de Rio Branco

A Polícia Civil apresentou, no início da noite desta segunda-feira, 7, os acusados envolvidos no assalto à loja de cosméticos Pejon, no Centro da cidade. Um dos assaltantes levou um tiro de raspão na testa.

Francisco Jarilson Ferreira Portela, 27, conhecido por Aguimar, que estava em liberdade por dispensa de sete dias, e Fabrine da Silva Nogueira, 28, o “Pitbull”, foram presos depois de invadir a loja e sair com dinheiro.

De acordo com a polícia, Pitbull seria um dos responsáveis pelo assalto à loja de eletrodomésticos, localizado no Segundo Distrito, no ano passado. O assalto acabou com a morte de um dos assaltantes e do sargento da Polícia Militar, Cleiton Aquino.

No momento da fuga, a Polícia Militar conseguiu pegar um dos assaltantes. Francisco chegou a disparar contra os policiais, que precisou revidar e atingiu o acusado na testa.

Já o Fabrine, Pitbull, teria tentado fugir e entrou dentro da sede do Rio Branco Futebol Clube, fazendo uma pessoa de refém.

Cercado pela polícia, Fabrine disse que só se entregaria com a presença do delegado da Polícia Civil, Alcindo Júnior.

Depois de mais de uma hora de negociação, o acusado liberou o refém e se entregou. Os dois assaltantes foram encaminhados para Delegacia de Antiassalto da Polícia Civil (GAPC).

Com eles, a polícia apreendeu dois revolves calibres 38, com 12 munições, sendo que uma deflagrada. Além de uma quantia de R$ 2 mil, vários cartões e algumas  folhas de cheques.

Deixe uma resposta