thumb rudson

Polícia Civil prende acusado de decapitar desempregado

Crime aconteceu no mês de novembro do ano passado

Sob suspeita de um homicídio macabro na Invasão do Panorama, em Rio Branco, foi preso na última quarta-feira, na cidade de Plácido de Castro, fronteira com a Bolívia, Rudson Costa Nunes, de 19 anos.

Consta no inquérito policial instaurado para apurar o barbarismo, que no dia 27 de novembro do ano passado, o Rudson Costa assassinou com crueldade Francisco de Jesus de Araújo, 24, o Dim, que teve o corpo amarrado no interior de um casebre, em seguida decapitado a golpes de facão.

O investigado foi preso por policiais do Grupo Especial de Captura da Polícia Civil (Gecapc), em cumprimento a um mandado de prisão preventiva. Contra Rudson Costa, pesa uma acusação de homicídio qualificado pela morte de Francisco de Jesus Araújo.

A polícia apurou que a vítima morava com o agressor, numa área de invasão do Panorama. Segundo a polícia, no dia do crime, Rudson Costa estava na companhia de um menor de 16 anos e de uma outra pessoa, que seria um indígena.

Na delegacia, Rudson Costa, disse em entrevista aos policiais, que matou a vítima sozinho, que nem o índio e tampouco o menor não teriam nada a ver com o crime. Na versão do acusado a motivação do crime teria sido, porque, o agredido estaria furtando objetos da casa do assassino.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*