030419-policia-sena

Polícia Civil prende grupo por tortura e organização Criminosa

Cinco adolescentes foram apreendidos

Desde o último domingo (31), a polícia civil de Sena Madureira realiza buscas na região na tentativa de localizar indivíduos que aparecem em vídeos veiculados nas redes sociais, onde três mulheres são expostas sentadas no chão e torturadas a golpes de madeira.

Já na manhã desta terça-feira (02), a polícia identificou os envolvidos no crime, sendo os cinco maiores de idade presos: Andressa de Oliveira Januário, 26 anos, Alexandre Figueiredo Nascimento, 19 anos, Kettelyn Oliveira de Almeida, 19 anos, Jair Barroso Cardoso, 19 anos e Antônio Carlos Viana de Lima, 26 anos e, ainda, cinco menores apreendidos.

De acordo com o Delegado responsável pela investigação, Marcus Frank, os autores assumiram ser membros de uma organização criminosa e disseram ainda que foram “cobrados” pelo grupo a aplicar “punição” nas mulheres que estariam repassando informações à organização rival. As três vítimas, entre as quais, uma grávida e uma adolescente, foram encaminhadas ao hospital local para realização de exame de corpo de delito.

Os acusados devem responder por tortura e organização criminosa, os maiores serão encaminhados na manhã desta quarta-feira (03) para audiência de custódia, onde será decidido se permanecem presos ou se são postos em liberdade. Já os menores apreendidos seguem para a Promotoria da Infância e da Juventude e em seguida ao Instituto Socioeducativo.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*