251217-policia-empresarioboliviano-oaltoacre

Polícia descarta latrocínio no assassinato de empresário

Crime de empresário boliviano aconteceu em Epitaciolância

A polícia ainda não conseguiu prender o acusado pelo assassinato do empresário boliviano Tony Gomez Leverenz, 45, morto no último sábado em Epitaciolândia, fronteira com Cobija. O caso é investigado pelo delegado Karlesso Nespoli.

O crime foi todo registrado por câmeras de segurança do restaurante onde o empresário almoçava. A Polícia Civil descarta qualquer possibilidade de latrocínio já que nada que estava em posse da vítima foi levado. As imagens mostram um homem que desce de um carro, conversa com o empresário, efetua os disparos e foge em outro carro.

O envolvimento de outros elementos e o fato de o criminoso não levar nenhum objeto de valor da vítima levam a polícia a trabalhar com a hipótese de que o crime tenha sido motivado por questões comerciais ou execução por algum outro tipo de relação com o empresário.

A investigação ainda não foi concluída e nenhum suspeito ainda foi apresentado. O empresário morreu no local do crime. Equipe socorrista do Corpo de Bombeiros ainda estava no local para tentar salvar a vida do empresário.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*