Polícia deflagra operação “Remote” contra tráfico na fronteira do Alto Acre

Suspeitos recebiam ordens transmitidas remotamente de dentro da prisão

Suspeitos recebiam ordens transmitidas remotamente de dentro da prisão

A Polícia Federal deflagrou nesta sexta-feira (6), na região do Alto Acre a operação “Remote”, cujo objetivo é combater o tráfico de drogas, bem como outros crimes praticados.

A investigação teve início em meados do ano de 2020, quando uma equipe de investigação da delegacia de Polícia Federal de Epitaciolândia identificou um grupo de suspeitos de praticar tráfico de drogas.

A Operação “Remote”, faz alusão ao modo como as ordens eram transmitidas, ou seja, remotamente a partir do presídio, cumpriu ao todo quatro mandados de busca e apreensão e sete mandados de Prisão Preventiva. Os trabalhos contam com a participação de 24 policiais federais.

Os suspeitos estão sendo investigados, além de outros crimes, pelos delitos de Tráfico de Drogas e integrar organização criminosa, crimes que, somadas as penas, podem chegar até 23 anos de pena de reclusão.

Deixe uma resposta