231017-policia-acusado-incendio-escola

Polícia identifica acusados de atearem fogo em escola de Feijó

Carlos teria ajudado adolescente a cometer o crime

Policiais civis do município de Feijó prenderam um homem (Carlos Luiz Ribeiro, de 19 anos) e apreenderam um adolescente de 14 anos, acusados de no ultimo sábado (21) terem ateado fogo a uma escola localizada no ramal Antônio Simplício.

O incêndio, que destruiu completamente a escolas estadual rural Vicente Brito de Sousa, foi registrado na madrugada do ultimo sábado (21). Após relatos de moradores da proximidade e alunos da escola, a polícia conseguiu chegar aos suspeitos.

De acordo com a polícia, o adolescente teria confessado o crime em depoimento e dito ainda que a motivação para o incêndio criminoso teria sido porque havia sido chamado a atenção por um professor, após chegar a aula atrasado e suado porque estaria jogando bola.

O incêndio, que deixou quase 100 alunos sem aulas, destruiu todo o material didático, merenda, computadores e inúmeros outros objetos, patrimônio do governo.

“Não vamos permitir que ações dessa natureza aconteçam novamente. Isso é uma afronta a toda sociedade, destruir um bem que atendia mais trezentas pessoas indiretamente e quase cem alunos ficaram sem aula. A Polícia Civil do Estado do Acre identificou e prendeu os responsáveis pelo ato criminoso”, declarou delegado José Obetanio.

Carlos foi encaminhado ao presídio e o menor encaminhado ao Conselho Tutelar.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*