20-05-21-gedeon -barros

Polícia quer descobrir quem foi a última pessoa a ligar para Gedeon

Ligação ocorreu no momento em que ele parou o carro e foi morto

A Polícia Civil aguarda imagens das câmeras de segurança espalhadas pela BR-364 para entender a dinâmica utilizada pelos suspeitos de matar o ex-prefeito de Plácido de Castro, Gedeon Barro s na manhã da última quinta-feira (20), em Rio Branco.

Os policiais também esperam descobrir quem realizou a última ligação para o celular de Gedeon, já que foi por conta disso que o ex-prefeito parou o carro em uma área de estacionamento, onde foi morto com um tiro na cabeça dentro do próprio carro.

Daniel Francisco Rocha estava no veículo do ex-prefeito quando tudo aconteceu. Segundo a testemunha, não foi possível identificar nenhum dos autores do crime e ele desconhece o motivo da execução.

“A gente achava que era um assalto, mas eu não vi, porque o vidro estava fechado. Quando Gedeon falou que tinha dois caras armados pensei que era um assalto, mas só escutei os disparos”, relembra Daniel Francisco.

A Polícia Civil não fala sobre o assunto, disse apenas que ouviu o carona de Gedeon, um irmão e a esposa da vítima. As informações repassadas pelos familiares podem ajudar a polícia a montar um esquema de investigação.

Como o caso é de execução, os policias querem descobrir se o ex-prefeito possuía alguma dívida que não foi sanada. Também havia informações que Gedeon estaria sofrendo ameaças, mas ele não prestou queixas na delegacia.

Deixe uma resposta