011117-polícia-operacao-finados2017

Polícia Rodoviária Federal inicia Operação Finados 2017

Ação acontece desta quarta (1º) até o domingo (5)

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) inicia nesta quarta-feira (01) a Operação Finados 2017. Até às 23h59 do próximo domingo (05), o órgão reforçará o policiamento nas rodovias federais de todo o Brasil. Entre as ações planejadas para o feriado, está a concentração da fiscalização em locais e horários de maior incidência de acidentes e crimes, de acordo com estatísticas da PRF.

Durante os cinco dias de operação há um aumento relevante do fluxo de veículos nas rodovias federais, fator que eleva a violência no trânsito. Para reduzir o número de acidentes, a PRF contará com 2.083 viaturas, 700 motocicletas, 1.691 aparelhos de etilômetro – também conhecido como bafômetro –, além de 210 radares portáteis.

A PRF realizará ações preventivas para redução da violência do trânsito e de acidentes relacionados ao excesso de velocidade, à alcoolemia ao volante, às ultrapassagens proibidas e envolvendo motocicletas ou ciclomotores. O planejamento da Polícia Rodoviária Federal faz parte de esforços de vários organismos nacionais e internacionais para a redução da violência no trânsito.

Dicas de trânsito – A PRF recomenda aos motoristas algumas condutas para que façam uma viagem mais segura:

– Faça uma revisão atenta no veículo antes de viajar: verifique principalmente pneus (inclusive o estepe), palhetas dos limpadores de para-brisa e itens de iluminação e sinalização;
– Planeje a viagem: lembre-se de programar paradas em locais adequados para abastecimento, alimentação e descanso;
– Mantenha a atenção na rodovia: respeite a sinalização e os limites de velocidade, eles existem para proteger a sua vida;
– Mantenha sempre os faróis ligados para que seu veículo fique mais visível aos demais condutores;
– Não ligue o pisca alerta com o veículo em movimento: isso pode confundir os outros motoristas e causar um acidente;
– Aumente a distância do veículo à frente e diminua a velocidade.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*