23-06-21 policiais-civis-realizam-paralisação-contra-pec-32

Policiais Civis realizam paralisação contra a PEC 32

Serviços emergenciais não foram paralisados

Os policiais civis de todo o Brasil realizam uma paralisação de 24 horas contra PEC 32 nesta quarta-feira (23). No Acre, os policiais colocaram cartazes e banners nas delegacias, os serviços emergenciais não foram paralisados.

A PEC 32 ou PEC da reforma administrativa visa uma mudança estrutural nos serviços público e na relação do Estado brasileiro com os servidores, se aprovada, os servidores públicos civis de todos os entes federativos, da administração direta, indireta e também os empregados de empresas públicas serão afetados.

“Nosso objetivo é alertar os políticos que estamos posicionados contra o absurdo que é essa PEC 32, que vai destroçar o serviço público. Quem vai votar essa PEC é a Câmara Federal e o Senado e queremos que eles se posicionem contra porque os servidores do Brasil, especialmente os policiais civis do nosso estado estão de olho e vamos mostrar todos aqueles que votarem contra o serviço público em geral” informou Itamir Lima, diretor do Sindicato dos Policiais Civis (Sinpol).

Para o sindicato, a PEC 32 tira a estabilidade e segurança dos servidores, principalmente dos policiais que investigam políticos e não vão se sentir seguros por poderem ser demitidos em forma de punição.

Essa paralisação é de advertência e tem duração de 24 horas, assim o serviço será normalizado na quinta-feira (24).

Deixe uma resposta