200117-policia-presos-brasileia-epitacio-armas

Polícias Militar e Civil realizam operação no interior

Armas apreendidas com os 5 suspeitos de integrarem facções

Durante operação integrada entre PM e Polícia Civil, realizada nesta quinta-feira (19) 5 pessoas foram presas em Brasileia e Epitaciolândia. Eles são acusados de integrarem facções.

De acordo com os policiais, eles teriam frustrado um possível confronto entre os suspeitos.

Segundo a polícia, a primeira prisão aconteceu pela parte da manhã, no Bairro José Moreira. Após identificar o local, um cerco foi realizado e mesmo assim, um conseguiu fugir portando uma arma.

Numa casa cercada, foram detidos Edson Silva de Oliveira (29), vulgo “Cupinzeiro”, Lenismar de Souza Braga (32), vulgo “Leni”, e Augusto Ávilar da Silva (19), este ultimo estaria com um mandado de prisão em aberto. Com eles, foi encontrada uma escopeta calibre 20 e munições.

Os trabalhos continuaram durante todo o dia, até que os policiais chegaram a mais dois suspeitos. Desta vez, foram detidos Francisco Geisimar Menezes de Souza (23), vulgo “Kiki”, que estava na companhia de Dione de Carvalho Andrade (26). Coma a dupla foi encontrado um revolver calibre 38, arma que pertenceria a Força Nacional Boliviana.

Segundo foi levantado, o trio, que faria de uma organização criminosa, teria ligação direta com as tentativas de homicídios ocorridas nos últimos dias, onde dois jovens foram baleados. Um teria sido baleado na cabeça e o outro no pescoço e braço, ambos estão vivos.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*