Banner Irineu

Preso o 2º acusado de assassinar funcionário da Seaprof

Suspeito nega perticipação; “apenas emprestou a arma”

Foi preso na manhã desta quarta-feira,19, Raimundo Irineu Alves Serra, 27 anos, na BR-364, KM 34, sentido Sena Madureira/Rio Branco, por policiais civis da delegacia Itinerante.
 
Segundo os policiais, Raimundo é acusado de participar do latrocínio do funcionário da Seaprof Francisco Alves de Lima.
 
O crime teria sido cometido por dois assaltantes que invadiram a casa do funcionário público, no bairro Bosque, na madrugada do dia 13 de março. O corpo foi desovado no igarapé Pirangi, no Quixadá.
 
Ainda segundo a polícia, na semana passada, o outro acusado foi preso por policiais militares do Pelotão Florestal, próximo ao Distrito Industrial. O acusado seria Gesse Alves de Lima.
 
Depois da prisão do mesmo, os policiais conseguiram chegar até Raimundo, que foi conduzido para a delegacia do GAPC.
 
O acusado disse à polícia que ele não participou do crime e que a arma que foi usada seria dele mesmo, mas ele apenas a teria emprestado para  Gesse.
 
Ele contou aos policiais que quando  Gesse foi devolver a arma, ele percebeu que das 6 munições uma estava deflagrada e perguntou para o amigo o que ele teria feito,  Gesse teria respondido que havia atirado para cima. Raimundo disse também que chegou a ver o outro acusado com o cartão de crédito da vítima.
 
A polícia vai continuar com as investigações para descobrir qual dos dois efetuou o disparo na vítima.
 
Raimundo Irineu tem um mandado de prisão por estuprar uma jovem de 17 anos, o crime aconteceu no município de Bujari.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*