Secretário adjunto de agricultura de Cruzeiro do Sul é preso por peculato

Secretario tinha contrato entre posto de gasolina e prefeitura do município para pagar abastecimento do seu carro particular

Após denúncia recebida pela delegacia, policiais federais realizaram diligência no local para a devida conferência, na qual presenciaram o secretário realizando o abastecimento de seu carro particular em um posto de combustíveis da cidade.

O pagamento foi realizado pela pasta da Agricultura por meio de contrato firmado entre o estabelecimento e a Prefeitura de Cruzeiro do Sul. Outras diligências policiais foram feitas e confirmaram a prática costumeira de abastecimento no referido posto de combustíveis.

O secretário adjunto foi conduzido à Delegacia da Polícia Federal em Cruzeiro do Sul, onde foi decretada sua prisão com tipificação no crime do art. 312 do Código Penal (peculato).

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*