181017-policia-camelodromo-tvgazeta

Série de furtos no Camelódromo tem causa conhecida

PM aponta os autores da série de arrombamentos

Investigação da Polícia Militar mostra que as pessoas envolvidas em roubos e furtos na região do Camelódromo são as mesmas que trabalham e convivem com os comerciantes. A descoberta aconteceu logo nos primeiros momentos de uma operação da PM que analisou fotos e vídeos onde aparecem os criminosos. A lista de acusados foi enviada a policia civil para abertura de inquérito.

O Camelódromo de Rio Branco e o Terminal Central sempre foram conhecidos pelos pequenos furtos, mas, no mês passado, a série de crimes aumentou: os bandidos começaram a arrombar as lojas. Em um final de semana, sete delas foram invadidas e quase todas as mercadorias foram levadas. As imagens mostram homens armados rendendo os 3 vigias. Outras imagens mostram abrindo as portas sem nenhum trabalho.

A Polícia Militar começou uma grande operação no local e logo descobriu que as pessoas envolvidas nos roubos e furtos são amigas e conhecidas dos comerciantes. Elas trabalham no local ou vivem fazendo pequenos serviços.

Os acusados conheciam a rotina e quais lojas não tinham segurança. E, outro detalhe, as lojas arrombadas eram justamente aquelas que tinham recebido novas mercadorias. Como viviam por perto, os bandidos tinham todos esses detalhes, disse o Coronel Souza Filho, diretor operacional da PM.

“Colocamos PM’s disfarçados no meio dos compradores, e logo descobriram que o local serve também para consumo de drogas, chegamos a apreender entorpecente e prender algumas pessoas. Até moto roubado estava escondida no camelódromo”, revelou.

Para evitar novos crimes, a PM disponibiliza viaturas que passam o dia no local e existe um policiamento na parte da madrugada. Com a presença da polícia, os comerciantes estão mais confiantes e prometem manter a programação de Natal onde vão sortear motos no final do ano.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*