Suspeito é morto após refém reagir a assalto em casa no Apolônio Sales

Polícia investiga se pessoa que reagiu tinha permissão para o porte de arma

Homem é baleado e morto após participar de tentativa de assalto na madrugada desta quinta-feira (26), no bairro Apolônio Sales, em Rio Branco. A Polícia vai apurar se a pessoa que efetuou os disparos tinha permissão para portar a arma de fogo.

O crime ocorreu quando três suspeitos invadiram a casa e fizeram os três moradores de reféns, foi quando um homem que estava em um dos cômodos da casa, percebeu  que se tratava de um assalto e disparou contra Marcelo Rogério Silva de 30 anos que faleceu ainda no local.

Segundo a Polícia Civil, Marcelo já tinha passagens pela Polícia por conta de outros assaltos cometidos, tráfico de drogas e participação em organização criminosa. Os outros dois assaltantes que participaram do crime continuam foragidos.

A pessoa que disparou contra o suspeito será investigado pela Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP), caso não seja apresentada nenhuma atitude ilícita, o inquérito será arquivado.

“A princípio essas ações de legítima defesa ou qualquer outra excludente de ilicitude… são apurados apenas para se formalizar e estando claro como me parece, mas não vou fazer juízo de valor, isso é levado à justiça que acaba aí optando pelo um arquivamento e não realização duma denúncia, Junto aí uma ação penal”, explica o delegado, Alcino Júnior.

 

Com informações do repórter Jardel Angelim (Foto: Reprodução)

Deixe uma resposta