061216-policia-ulisses-tvgazeta

Ulisses contradiz nota do comando da Polícia Militar

Nota do comando diz que oficial sai por “razões pessoais”

Na manhã desta terça-feira, o coronel Ulisses entregou o cargo de sub-comandante da Polícia Militar do Acre. A retirada de um benefício importante ao orçamento dos militares foi o que motivou o oficial a tomar a decisão. Comando divulga nota a afirma que saíde a Ulisses se deve a razões pessoais. Mas, as declarações de Ulisses contradizem o nota oficial do comando divulgada na tarde desta terça-feira.

Após 3 anos no cargo de sub comandante da Polícia Militar, coronel Ulisses retorna ao serviço operacional. Com a voz embargada, ele inicia a entrevista explicando que decidiu entregar o cargo após saber que um dos mais relevantes benefícios financeiros dos policiais militares seria cortado.

“Eu tomei por questão de princípios éticos, questão de consciência, eu entendo que é prejudicial aos policiais militares, principalmente da inatividade. Não concordo com isso”, disse.

O principal motivo para a saída de Ulisses do posto foi a suspensão da “etapa alimentação”, um adicional que em média representa cerca de R$ 850,00, ao salário dos militares.

“Quero dar ênfase que não estou deixando ou saindo, abandonando do barco, pelo contrário, agora sim, tenho mais liberdade pra trabalhar com a tropa, na rua, combatendo a criminalidade, por que deixo de me preocupar com a parte burocrática e posso focar mais na parte operacional”, conclui.

Quem assume o cargo de sub-comandante da PM é o Coronel Ricardo Brandão, que até então atuava como secretário adjunto da Secretaria de Estado de Segurança Pública.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*