Banner Marcia-ReginaGEmaio

Ponte do Madeira: “a obra vai sair”, garante Márcia Regina

Chefe da Casa Civil atribui boatos a ano eleitoral

A declaração foi dada na noite da última terça-feira, 3, durante participação no ‘Gazeta Entrevista’ da TV Gazeta/Record. A chefe da Casa Civil estadual se mostrou preocupada com o boato levantado sobre um possível veto da presidência da República na construção da ponte sobre o rio Madeira, em Rondônia.

Ela atribuiu o boato ao ano eleitoral e afirmou que este tipo de notícia, além de não ser verdadeira, é perigosa. Segundo Regina, a obra foi integrada ao plano de aceleração do crescimento, PAC, e está entre as prioridades do governo federal.

A chefe da Casa Civil confirmou que apenas houve um equívoco meramente técnico e que em hipótese nenhuma foi posta a informação de um possível cancelamento de erguer a estrutura. Márcia enfatizou que a empresa vencedora do certame já se encontra na região de Abunã e realiza estudos para o projeto de construção.

A ponte vai ser uma das maiores do país. Serão quase quatro quilômetros entre uma margem e outra do rio Madeira. R$ 35 milhões já estão garantidos para este ano. “No verão, a execução[da obra] vai ser acelerada”, comentou.

Já em relação a ‘Cidade do Povo’, o maior empreendimento habitacional da história do Acre, Regina falou que 207 famílias estão instaladas no local e outras 67 em processo de transferência. Moradores de regiões de risco são prioridade nesta primeira fase.

Ao fim da conversa com o jornalista Alan Rick, Márcia Regina falou sobre a situação dos imigrantes que chegam ao Brasil por meio da fronteira em Assis Brasil. Esta semana, os estrangeiros estão sendo levados para uma chácara. “A ideia é fazer aquele local como abrigo até que seja definida essa questão com o governo federal”, esclareceu. Por mês, o aluguel do espaço vai custar aos cofres públicos R$ 20 mil.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*