070318-politica-camara-tarifaonibus

Ajuste de preço de tarifa de ônibus volta a pautar Câmara

Oposição tenta reverter artigo de Lei Orgânica

A oposição tenta mais uma vez colocar a Câmara de Vereadores a frente da discussão dos valores da tarifa do transporte coletivo. No ano passado aproveitando que três dos cinco parlamentares de oposição tinham viajado, a base do prefeito votou norma na qual a câmara não precisa nem discutir esse assunto. Da comissão de transportes passa direto ao prefeito que sanciona o novo valor.

O vereador Roberto Duarte quer mudar um artigo na lei orgânica e tenta reverter essa situação. No texto, a competência de reajustar seria exclusiva do prefeito, mas, antes o projeto deve passar pela análise, discussão e aprovação do legislativo.

“É mais que justo que a discussão da tarifa passe pela câmara, somos os representantes da população, como um tema como esse que afeta milhares de famílias não entra na pauta do legislativo?”, indagou.
O vereador Roberto Duarte, conseguiu seis assinaturas que garantem a tramitação da proposta de emenda à lei orgânica. Os tucanos Clézio Moreira e Célio Gadelha acompanharam os outros vereadores de oposição.

A base do prefeito já está preparada para barrar a matéria. O líder do PT, vereador Rodrigo Forneck, informou que a tarifa dos serviços públicos de transporte não pode virar palco de discussão política. “Quando esse assunto é discutido politicamente está provado que nunca conseguimos o preço justo da tarifa. O certo é que setores técnicos possam passar as informações á prefeitura para que decida qual valor será empregado”, explicou.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*