240517-politica-alanrick-assessoriparlamentar

Alan assina requerimento para investigar crimes da JBS

CPI Mista é instrumento do Congresso para investigar

O deputado federal Alan Rick (PRB) assinou nesta quarta-feira (24) requerimento para instalação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) Mista para investigar as operações financeiras da JBS e os danos causados ao erário público pela empresa.

Para a instalação do colegiado, são necessárias, no mínimo, 27 assinaturas de senadores e 171 de deputados.

A JBS já é investigada pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM), órgão que regula e fiscaliza o mercado financeiro, por ter lucrado com a compra de dólar no mercado futuro em valor equivalente a R$ 1 bilhão, horas antes da divulgação das primeiras notícias sobre o acordo de delação da empresa.

No dia seguinte, o real se desvalorizou 8% em relação ao dólar e a empresa lucrou mais de R$ 1 bilhão.

“O povo brasileiro quer punição severa para esses milionários que aumentaram sua fortuna mais de 40 vezes em apenas 10 anos entre os governos Lula e Dilma, de forma muito suspeita, e que deram esse prejuízo enorme ao país”, afirma Alan Rick.

A CVM apura indícios de prática do crime de “insider trading”, ou seja, agir no mercado com informações privilegiadas.

Por outro lado, bancos estatais de fomento como Caixa e BNDES já perderam mais de R$ 3 bilhões com a JBS no mercado de ações.

“É um escárnio esses empresários estarem livres e soltos passeando em Nova York depois de causarem enorme prejuízo ao Brasil. As multas estipuladas de R$ 110 milhões, parceladas em 10 prestações, a garantia da PGR de que não serão mais denunciados, seus processos perdoados e ainda poderem morar fora do Brasil são uma afronta ao povo brasileiro”, critica o deputado acriano.

Há também uma proposta de Projeto de Lei que obriga delatores a devolverem o dinheiro que lucraram no mercado com a ajuda de informações privilegiadas de suas delações. O objetivo é instalar a CPI ainda esta semana.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*