Alan Rick acusa Márcio Bittar de destituição “arbitrária, ilegal e desrespeitosa” da executiva estadual do União Brasil

Alan Rick afirma que tomará as medidas judiciais e políticas; entenda o caso

Em uma nota oficial publicada nas redes sociais pessoais do deputado federal Alan Rick, do MDB, na manhã desta quinta-feira,04, ele afirma que a decisão do senador licenciado Márcio Bittar, atual presidente estadual da legenda, ocorreu de forma “arbitrária, ilegal e desrespeita o trabalho de todos os envolvidos para a construção do União Brasil no Acre”.

O parlamentar afirma que foi surpreendido com destituição e de vários outros membros da executiva
estadual do União Brasil por ação coordenada por Márcio Bittar.

“Entendo que em um país democrático quem deve decidir sobre o merecimento de assumir cargo eletivo é o povo, através do voto. A tentativa de tirar o meu nome da disputa, inviabilizando uma possível candidatura a vice-governador ou a senador é uma tentativa de golpe e uma afronta à vontade livre e espontânea da imensa maioria dos membros do partido. Estou tomando todas as medidas judiciais e políticas cabíveis para reaver o direito de colocar o meu nome para a avaliação do povo”, finaliza Alan Rick.

Clique aqui e confira a nota oficial completa.  

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*