Banner AnilbalGEJunho

Aníbal Diniz realiza audiência pública em agosto

Senador petista critica a qualidade dos serviços de telecomunicação

Aníbal Diniz(PT) é autor do projeto que estabelece a presença de mais mulheres no Senado Federal. A proposta é destinar uma vaga feminina e outra masculina quando a eleição for para o preenchimento de duas vagas.

“A legislação eleitoral não favorece à mulher”, comentou. Atualmente, as eleitoras representam 51% do total de pessoas aptas a votar no Brasil. Mas no Congresso, os números são inversos.

Entre os 81 senadores, apenas 10 são mulheres. Já na Câmara, elas contabilizam apenas 45 dos 513 parlamentares. Como nas tarefas do dia-a-dia, Diniz destacou a importância feminina. O projeto segue em apreciação.

Sobre a precariedade dos serviços de telecomunicações, o senador acreano afirmou que a qualidade do serviço é ruim e anunciou a realização de audiência pública para debater o plano nacional de banda larga. A reunião ocorre no dia 14 de agosto, no auditório da Assembleia Legislativa.

Ao fim da conversa com o jornalista Alan Rick, Aníbal Diniz falou das ofensas ditas à presidente Dilma Rousseff na abertura da Copa do Mundo, em São Paulo. “O xingamento praticado é condenável sob todos os aspectos.

Ele disse que as manifestações fazem parte da democracia e são bem-vindas. Porém, é preciso respeito e que ofensas pessoais não ajudam em nada. As declarações do senador foram dadas na noite da última quarta-feira, 18, ao programa ‘Gazeta Entrevista’, da TV Gazeta/Record.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*