070817-politica-psb-tvgazeta

Aniversário do PSB serve para “sugerir fidelidade”

Celebração recontou trajetória do partido na FPA

A festa de aniversário de 70 anos do PSB serviu para alfinetar a oposição, a Frente Popular e até velhos companheiros. A diretoria chega a afirmar que “é o partido mais fiel ao PT”; que nunca largou a coligação e nem entrou em disputas internas e externas.

As lembranças a respeito do partido têm um alvo: para a eleição do ano que vem, a parceria está mantida. Essas foram, em síntese, as palavras do presidente da regional do PSB, Rivamar Guedes, que vai receber homenagens durante essa semana na Câmara de Vereadores de Rio Branco e na Assembleia Legislativa pela passagem dos 70 anos de aniversários.

Os ataques contra a oposição ficaram a cargo do deputado federal César Messias. Para ele, a campanha para 2018 começou antecipadamente, e isso vem atrapalhando o estado. São muitos ataques e pouca proposta de melhorias para as cidades.

O parlamentar defende a ideia de que os gestores precisam focar mais nos problemas, principalmente econômicos, não dá para antecipar a campanha eleitoral e esquecer de governar.

“A oposição está trazendo esse debate e é prejudicial. Tem candidato a governador que começou a fazer campanha em 2014. Vamos ajudar nosso estado a melhorar! Aí, sim, podemos falar de sucessão”, ensinou.

O PSB conseguiu eleger dois prefeitos e 18 vereadores na última eleição. Tem um representante na Assembleia Legislativa, um na Câmara Federal, e ainda não decidiu como vai montar a chapa para 2018.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*