Auxílio vale-gás começou a ser pago nesta terça-feira

Cerca de 5,4 milhões de famílias no país, devem receber o vale. No Acre, o 51 mil famílias serão beneficiadas

Luanna Lins para Agazeta.net

Os brasileiros em situação de vulnerabilidade social têm um novo benefício pago pelo Governo Federal a partir de janeiro deste ano. O auxílio é de R$ 52,00, quase metade do valor de uma botija de 13 kg, e será pago a cada dois meses. Atualmente, cerca de 5,4 milhões de famílias no país, inseridas no Auxílio Brasil, devem receber o vale. No Acre, o número chega a 51 mil famílias a serem beneficiadas.

A lei do vale-gás é um projeto do deputado federal Leo de Brito (PT-AC). O Projeto de Lei 1374/21 foi criado para que se instituísse o benefício para famílias de baixa renda, tendo em vista que o país registrou, no último ano, altas consecutivas no valor da botija de gás, levando milhões de pessoas a buscar meios alternativos e em muitos casos, que colocam suas vidas em risco, para cozinhar alimentos.

“Estou muito feliz que o auxílio gás, que foi criado por meio de um projeto de lei de minha autoria, esteja chegando agora na casa de 5,5 milhões de brasileiros. Só no Acre, são 51 mil famílias atendidas por esse auxílio. São famílias que precisam dessa ajuda diante da grave situação de insegurança alimentar registrada no Estado. Dados apontam que cerca de 60% das famílias acreanas enfrentam a insegurança alimentar atualmente”, afirmou Leo de Brito.

Para ter acesso ao auxílio para a compra do gás de cozinha, as famílias devem procurar a unidade de Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) mais próximo de sua residência e realizar o cadastro. Têm direito ao benefício as famílias inscritas no CadÚnico com renda familiar mensal menor ou igual a meio salário mínimo. Também têm direito as famílias com integrantes do Benefício de Prestação Continuada (BPC).

Com informações de Jardel Angelim

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*