070417-politica-bancadacomministrojustica-cedida

Bancada Federal é criticada por cortes de emendas

Articulação política não foi eficaz no Planalto

Sobraram críticas e dúvidas para os deputados e senadores em Brasília depois do corte de 53% das emendas de bancada. A Secretaria de Estado de Segurança Pública contava com R$ 70 milhões terá apenas R$ 37 milhões.

O Deracre espera R$ 154 milhões para recuperar 4 mil quilômetros de ramais, talvez chegue R$ 81 milhões. Segundo o senador Sérgio Petecão, líder da bancada esses cortes são naturais. Todas as vezes que o governo precisa contigenciar o orçamento, as emendas sofrem cortes.

Além das emendas de bancada, houve corte nas emendas individuais. Os deputados federais e senadores vão contar com menos 30% de R$ 15 milhões de que cada um tem direito de indicar.

Lembrando que metade desse dinheiro deve, obrigatoriamente ir para à Justiça. “As críticas são naturais, mas, nesse caso, são injustas. A bancada fez todo o esforço para indicar os recursos para os ramais e segurança. Agora, a decisão para os cortes partiu do Governo Federal, que fez o contingenciamento para todos os estados não só o Acre”, explicou.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*