Bocalom garante redução na tarifa de ônibus na próxima semana

Redução da tarifa foi de R$ 4 para R$ 3,50; além da promessa aumentar a frota de coletivos

A Câmara de Vereadores de Rio Branco apressou na última semana a votação do Projeto de Lei que garante o aporte de R$ 2,4 milhões às empresas. Por causa do feriado desta terça-feira (12), o prefeito Tião Bocalom, deixou para a quarta-feira (13), a sanção do PL que traz como novidade a redução da tarifa de R$ 4 para R$ 3,50 e promete aumentar a frota de coletivos.

O repasse as empresas será feito mensalmente e saída do valor das gratuidades existentes no sistema. A Prefeitura passa a bancar esses valores, repassando diretamente ao Sindicato das Empresas de Transportes Coletivos do Acre (Sindcol), que representa as três empresas que operam o sistema.

O projeto aprovado na Câmara garante esse repasse até junho de 2021, e terá como teto o valor de R$ 2,4 milhões. Dinheiro que deve ser aplicado exclusivamente no pagamento dos salários atrasados dos funcionários das empresas.

Para a garantia da redução da tarifa, o prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom, do Progressistas, deve assinar um decreto até essa sexta-feira (18), garantindo o valor de R$ 3,50 para o usuário. Após a assinatura, o novo valor passar a valer entre três a quatro dias. Então, fica para a próxima semana as novidades e as promessas de melhora no sistema.

“Estamos trabalhando para poder regularizar a lei que foi aprovada na câmara, em seguida precisa ser feito um decreto, mas acredito que a partir da semana que vem já teremos a passagem de ônibus reduzida em Rio Branco”, afirmou Bocalom.

O usuário que vem insatisfeito com a serviço de transporte não quer saber apenas do preço menor na tarifa. Chega de demora, de ônibus sujo, que sempre apresentam problemas mecânicos e os transtornos das paralisações orquestradas por outras vítimas do sistema: os funcionários das empresas.

Informações de Adailson Oliveira para a TV Gazeta

Deixe uma resposta