191218-politica-presos-nao-diplomados 410 305

Candidatos investigados são diplomados após decisão do TSE

Drª Juliana e Manuel Marcos foram presos ano passado

Dando cumprimento a decisão da presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministra Rosa Weber, o Tribunal Regional Eleitoral do Acre (TRE-AC) diplomou na manhã desta segunda-feira (7) os candidatos eleitos aos cargos de Deputado Federal, Manuel Marcos, e deputada estadual, Juliana Rodrigues de Oliveira.

A liminar no mandado de segurança foi recebida pelo Tribunal no último dia 2, mas foi cumprida nesta segunda-feira, em razão do recesso forense. Sem cerimônia solene, os diplomas foram entregues em atos separados pela presidente do Tribunal, desembargadora Regina Ferrari, em seu gabinete.

Apesar de não haver a pompa da diplomação geral, teve muito mais emoção. Pelo menos para os dois. Na diplomação geral, ocorrida em 19 de dezembro os suplentes deles foram diplomados. Hoje a cerimônia limitou-se a uma fala seca e a assinatura. A deputada Juliana agradeceu a Deus e o deputado Manuel Marcos disse que se sentia perseguido.

Os deputados haviam sido presos preventivamente no dia 11 de dezembro passado pela operação “Santinhos” da Polícia Federal. De acordo com o presidente do inquérito, o delegado federal chefe da Delegacia de Defesa Institucional Eduardo Augusto Maneta, a procuradoria regional eleitoral requisitou que PF investigasse crimes eleitorais de desvios de recursos oriundos do Fundo Partidário e Fundo Especial de Financiamento de Campanha.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*