250717-politica-carloslupi-arquivo

Carlos Lupi vem ao Acre e filia mil novos pedetistas

Projeto do partido antecipa tom da campanha 2018

O presidente Nacional do PDT, Carlos Lupi, vem ao Acre nesta quarta-feira (26) para referendar o nome de Emylson Farias como pré-candidato ao Governo do Acre pela Frente Popular. Lupi também participa do ato de filiação de mil novos militantes da agremiação. O evento acontece no Maison Borges, às 7 horas da noite.

O PDT no Acre, atualmente, tem o seguinte tamanho: 11 vereadores, 2 deputados estaduais e 4 mil filiados aproximadamente. Só na filiação desta quarta-feira serão filiados mil novos militantes.

“Nós precisamos aproximar mais da comunidade”, diz um empolgado Luiz Tchê, presidente da legenda no Acre que tenta consertar antigos problemas dos partidos no Brasil. “O PDT não tem dono. Quem vier depois de mim tem que melhorar o partido ainda mais”.

A retórica democrática encontra terreno fértil na população de baixa renda. Nessa tentativa de se “aproximar da comunidade”, o PDT mantém cursinho Pré-Enem com 16 turmas em bairros periféricos da Capital.

Além disso, a estratégia de tornar a sigla mais conhecida da população de baixa renda, o partido organiza a Rádio Legalidade, uma referência ao movimento civil liderado por Brizola em 1961 quando da renúncia de Jânio.

Brizola liderou o movimento e utilizou o rádio como veículo de comunicação defendendo a posse do vice, João Goulart na presidência. “Nós vamos dar cursos de comunicação e estamos esperando só chegar os equipamentos para soltar a programação no ar via internet”, adianta Tchê.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*